X

Tudo o que você mais ama

Assine para receber muitas novidades,
promos, dicas e achados do fantástico
universo online. E claro,
tudo isso com muita inspiração.

06/08/2020 | Juliana Cunha

Ronda da semana: uma dose de conteúdo real

Tudo Beleza Moda Decoração Lifestyle História

De que vale o conteúdo sem profundidade?

 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 

A post shared by The Business of Fashion (@bof) on

Prestes a fazer 40 anos, Michael Kors foi o convidado do The BOF Podcast, programa do site internacional mais aclamado do assunto que recebe convidados de renome. Na quase uma hora de papo, Kors fala sobre sua decisão de não participar da NYFW no mês que vem e as reflexões que a pandemia trouxe. Segundo ele, o sistema de apetite por novidades está desgastado: “O novo é maravilhoso quando há algo convincente e lógico para a pessoa que está usando e como ela vive sua vida. O novo pela novidade ou porque vai ficar legal no Instagram, esqueça.” Ele diz ainda que está em busca de uma nova jornada, com duas coleções por ano na MK. “Eu acho que o storytelling ficou repetitivo. A palavra ‘conteúdo’ adoeceu o mundo da moda. Eu quero ver uma imagem que dure mais de um minuto, eu quero palavras que ressoem.” Ouça o podcast completo a seguir:

Afoitos por silêncio

Essa matéria da Gama fala sobre como nossa percepção da dicotomia barulho/silêncio se transformou na pandemia: com mais gente em casa e menos barulho difuso vindo da rua, nos atentamos mais aos sons dos vizinhos, às obras. Daí, o silêncio virou produto, com empresas que prometem isolamento acústico.

O preço dos livros

Desde 1946, por Emenda proposta por Jorge Amado, a Constituição Brasileira isenta de impostos o papel utilizado para impressão de livros, jornais e revistas. Agora, tramita no Congresso Nacional um projeto de reforma tributária que coloca essa medida em xeque: com a aprovação da reforma, os livros ficarão mais caros. Órgãos como a ANL (Associação Nacional de Livrarias), CBL (Câmara Brasileira do Livro) e Libre (Liga Brasileira de Editoras) se uniram para criar o Manifesto em Defesa do Livro, que você pode ler na íntegra aqui: “Menos livros em circulação significa mais elitismo no conhecimento e mais desigualdade de oportunidades no país das desigualdades conhecidas, mas pouco combatidas”

Pele & autoestima

 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 

A post shared by Peter DeVito 🇮🇹 🇮🇪 🇨🇳 🇯🇲 NY📍 (@peterdevito) on

Quando o estudante Peter De Vito começou a postar uma série de fotografias trazendo peles reais de pessoas reais, sem retoques ou interferências, uma luz se acendeu: finalmente, o debate sobre a aceitação corporal chegou no território da acne. Sempre ligada à autoestima e às mudanças que provoca na forma como cada um se enxerga e se apresenta ao mundo, a acne ganhou, nas lentes de De Vito, uma forma mais suave. Frente a um skincare que por vezes se torna obsessivo com a missão de deixar rostos perfeitos aos olhos de uma sociedade movida a filtros que borram e escondem esse tipo de característica, irrompe a vontade de deixar o rosto à mostra sem preocupações. Será que estamos prestes a nos olhar de uma forma mais carinhosa? O tema foi abordado em matéria na Elle

Base neutra

 

O tour por esse apartamento no Edifício 360º, projetado por Isay Weinfeld no Alto da Lapa, revela uma base comum — a cor branca — que permite uma série de referências que vão do minimalismo japonês ao clássico de Versailles habitem o espaço, lar de um casal de arquitetos. Com a neutralidade de fundo, nada fica over, e um mix de artesanato, barroco e contemporâneo coexistem em harmonia.

A arte de explodir sutilmente

Você, que já ouviu a frase “você atrai aquilo que transmite” e suas variáveis infinitas, sabe a culpa que dá cultivar pensamentos negativos num dia difícil, ou não enxergar luz no fim do túnel de um problemão que apareceu na sua frente, ou ter uma dose de pé no chão, outra de pessimismo frente a uma coisa qualquer. Esse texto da Vida Simples levanta a ideia de que, em vez de simplesmente esquecer que existe um problema e tentar empurrá-lo para debaixo do tapete fazendo outras atividades (sim, quero dizer a rolagem infinita do feed do Instagram), você exale sua raiva aos poucos, explodindo com certo controle e deixando seus sentimentos negativos aflorarem sem nenhuma transformação súbita. Afinal, aquilo que é acumulado é como uma bola de neve, e uma hora o fardo fica pesado demais.  

O que realmente envelhece a pele?

O cirurgião plástico Julius Few, fundador do Instituo de Cirurgia Plástica Estética de Chicago, dividiu os principais fatores de envelhecimento da pele nessa matéria do Goop. Spoiler: sol, cigarro e alimentação são algumas delas.

The new Bulgari

Mais do que uma herdeira da Bulgari, joalheria de destaque internacional, Carlota Bulgari, é aos 23 anos, uma estudante de belas-artes que pouco posta no Instagram, lê sobre o reino dos fungos. Ao menos, ela pode começar a se descrita assim segundo aquilo que se pode apreender da entrevista feita pela Marie Claire. Para dar esperança nas gerações da moda que vêm por aí.

Sobre esperança e reconhecer as raízes

26 editores-chefe de Vogues ao redor do mundo se uniram para falar de imagens que lhes trazem esperança. Achei uma linda coincidência as mensagens dos jornalistas da Vogue Arábia, Manuel Arnaut, e da Vogue Singapura, Norman Tan. O primeiro escolheu o trabalho da artista Sumayyah Al Suwaidi (acima, à esquerda), dos Emirados Árabes, A Fishing Hope, que usa de um símbolo da região do Golfo, o barquinho de madeira, para uma mensagem sobre reconhecimento da modernidade do Golfo sem deixar de lado o respeito às tradições, que permitiram a jornada. “Quando você vai pescar, espera pegar alguma coisa e se prepara para isso. Se o pescador não estiver preparado, ele nunca pegará nada. A vida também é assim”, explica a artista. 

Já Tan escolheu uma renderização 3D da orquídea Vanda Miss Joaquim (acima, à direita), a flor nacional de Singapura desde 1981. A amálgama de modernidade e raiz vem para demonstrar que, ao mesmo tempo que há um orgulho quanto à tradição, “os olhos buscam dar forma a um futuro novo.” Fiquei pensando sobre isso: o que trouxe cada um ao lugar onde estamos hoje, e o que queremos ser e fazer daqui para frente. Afinal, tudo se resume a isso. 

Beijos e bom fim de semana,

Em destaque

assine nossa newsletter

Voltar ao topo Voltar ao topo