X

Tudo o que você mais ama

Assine para receber muitas novidades,
promos, dicas e achados do fantástico
universo online. E claro,
tudo isso com muita inspiração.

20/06/2018 | Lorena Eleutério

Uma nova forma fresh de comprar online: ê.

Tudo Moda Decoração História

Comprar online é muito mais gostoso quando a boa curadoria de produtos é acompanhada de uma história e um propósito. O ê, novo e-shop que desembarca no nosso site esse mês, reúne tudo isso e muito mais: uma seleção de marcas internacionais de tirar o fôlego. Para ajudar as entrepeneurs por trás do negócio, Luiza Andreazza e Giovanna Arede, contarem essa história, convidamos Angelica Bucci e Martha Pinel, duas mulheres que definem bem o que é ser uma it-girl.

A primeira parada desse shooting foi o salão Pedro Galdi, e quem assinou a beleza foi Eduardo de Souzaos cabelos milimetricamente messy foram trabalhados por Raul Retuci. O segundo lugar de encontro? A Selvvva, outro business cool e um oásis verde no meio da cidade cinza, que dá o frescor exato que as peças impecavelmente escolhidas a dedo pelas meninas pedem. Com o cenário perfeito, as musas ideais e o styling on point, a gente senta e bate um papo bacanérrimo com as sócias do Conceito.ê enquanto você navega pelos cliques maravilhosos.

SHOP THE LOOKS

iLovee: Lu e Gi, primeiro a gente quer descobrir como vocês foram parar no universo da moda...


G: Bom, embora eu tenha feita faculdade de economia no Insper em São Paulo, sempre gostei muito desse universo e tive a oportunidade de trabalhar por dois anos no e-commerce OQVestir, o que me ajudou muito no desenvolvimento da ê, e acabou por me firmar nesse caminho do digital e da moda.


L: E eu, depois de me formar em relações internacionais em 2011, comecei a trabalhar na ExxonMobil, onde ganhei experiência em gerenciamento de projetos. Nesse mesmo período, também fiz um MBA em liderança e gerenciamento de equipe. Apesar de gostar muito do que fazia, sempre tive o sonho de trabalhar na indústria da moda e, em 2016, tive coragem de pedir demissão e me mudar para Paris, onde fiz o mestrado em Fashion Buying e conheci a Gi. 

iLovee: É muito legal ver que a trajetória de vocês é diferente, mas tem tantos pontos em comum que acabaram se encontrando, né?


G: Sim! Como a Lu comentou, nos conhecemos em Paris durante o mestrado de Fashion Buying, no Instituto Marangoni. Moramos um ano lá e tínhamos muito contato com marcas super legais, que não estavam ainda presentes no Brasil. Nos familiarizamos com as concept stores incríveis que existem na França, onde é possível comprar desde de um vestido de designer até uma caixa de som ou até mesmo uma revista ou um bloquinho de notas...


 

SHOP THE LOOKS

iLovee: Então foi daí que a ideia d ê. veio?

L: Foi sim, mas teve um longo caminho antes de nascer o conceito do business. Estagiamos juntas em marcas como Rick Owens e Christian Dior e, nessas experiências, percebemos que, além de amigas, podíamos ser ótimas parceiras de trabalho - e já tínhamos os mesmos objetivos que eram voltar a morar no Brasil e empreender. Então, quando chegamos na última etapa do mestrado, começamos a refletir sobre as possibilidades para o futuro... Aí nos demos conta de que o Brasil, mais especificamente São Paulo, tem muito espaço para esse modelo de negócio.

iLovee: Vocês foram muito visionárias em enxergar esse gap no mercado e apostar todas as fichas. Mas, afinal, qual é o diferencial do modelo de negócio de vocês aqui no Brasil?

G: Acreditamos que é a nossa curadoria de marcas, baseada em design, inovação e transparência. Além de trazermos produtos exclusivos para o mercado brasileiro, focamos nossa seleção em brands que têm uma história interessante, seja em termos de meio ambiente ou responsabilidade social. Dessa forma, buscamos promover a originalidade e o consumo consciente ao mesmo tempo. Aliás, na página de cada um dos nossos produtos, é possível encontrar um selo indicativo informando o envolvimento da marca com questões sociais e ecológicas.

iLovee: Nossa, isso é super legal! Mas, a gente quer saber melhor: como é feita essa seleção de designers?

L&G: Então, quando estávamos morando em Paris, começamos a levantar marcas que amávamos, de todas as categorias. Conseguimos fazer uma lista com mais de 400 nomes - não só da França como também de Londres e Berlim - que gostaríamos de trazer para o país. Depois de fazer essa seleção, entramos em contato com cada uma delas e começamos a analisar a viabilidade e timing de importação. Não temos critério quanto a categoria, mas sempre temos em mente os três pilares que nos guiam: design, inovação e transparência. Eles são o nosso manifesto.


iLovee: E qual foi a primeira marca que entrou para a curadoria de vocês?

L&G: Não teve necessariamente uma porque disparamos e-mails para várias marcas ao mesmo tempo. Aliás, foi emocionante começar a receber as primeiras respostas positivas, com mensagens motivadoras de brands que adoraram e compraram a ideia desde o princípio! Entre elas, Dodo Bar Or, Cult Gaia, Maison Margiela MM6, MSGM, Polaroid Originals... a lista é sem fim. Mas, se der para eleger a primeira, dá para dizer que foi a francesa Bachca, de pincéis de maquiagem e escovas de cabelo, pois foi a primeira caixa a desembarcar em nosso escritório aqui no Brasil.

iLovee: Agora, uma curiosidade: de onde surgiu o nome ê. ?

G.: Bom, desde que decidimos criar o negócio, pensamos em um nome e passamos várias semanas nesse brainstorming. A gente não conseguia encontrar uma palavra que refletisse a ideia até que, em uma noite ainda em Paris e depois de um jantar - e de algumas garrafas de vinho! -, o marido da Luiza pegou um guardanapo de papel e escreveu "Ê". Na hora achamos que ele estava louco, rs, mas ele é escritor e defendeu a ideia explicando que a letra representa a soma de tudo o que gostaríamos de incluir no projeto: um ambiente multifuncional, sem limitação quanto à categoria de produtos. Além disso, disse que o acento circunflexo remetia ao telhado de uma casa, que seria o ambiente dos nossos sonhos, onde todas as grandes ideias poderiam "morar" e nessa hora percebemos que esse era o nome perfeito.

Nos complementamos, o que é ótimo para a parceria dar certo, e ainda fazemos muitas coisas juntas, como a curadoria de produtos e o cuidado com os processos de importação. Mas, inevitavelmente cada uma acaba tomando mais responsabilidade sobre uma área específica. Por exemplo, eu cuido mais do financeiro e a Lu, da comunicação e operação. Ah, e não podemos esquecer da Natalia Andreazza , nosso braço direito no Marketing!

SHOP THE LOOKS

 

iLovee: A gente está quase terminando, mas antes queremos saber quais os planos para 2018…

L&G: Olha, nossos planos mudam toda semana, rs. Como dependemos de muitos órgãos governamentais em função das importações, registro de produtos, etc., é difícil saber ao certo quando as coisas vão acontecer. O nosso site, por exemplo, foi ao ar só agora no dia 13 de junho, quase um ano e quatro meses depois que começamos a trabalhar no projeto. E se tem uma coisa que aprendemos nesse período é que, mesmo trabalhando muito para que tudo aconteça como planejado, é fundamental se adaptar para seguir em frente. Mas, fiquem de olho porque vem coisa muita boa por aí...

iLovee: Hm, ficamos curiosas com esse quase spoiler! Para finalizar, deem pra gente três nomes hype ainda não conhecidos pelo público em geral que merecem uma espiadinha...

L & G: Opa, essa é a nossa especialidade. Vale espiar de perto Walk of Shame, Axel Arigato e Staud, essas três marcas prometem bombar.

Em destaque

assine nossa newsletter

Voltar ao topo Voltar ao topo