X

Tudo o que você mais ama

Assine para receber muitas novidades,
promos, dicas e achados do fantástico
universo online. E claro,
tudo isso com muita inspiração.

07/05/2018 | Sofia Stipkovic

Um dia das mães diferente com Verônica Godoy e Chachá

Tudo Moda Lifestyle História

Sabe quando alguém te admira e dá para ver no fundo dos olhos o tamanho do amor que aquele serzinho sente por você? É assim a relação entre a Verônica Godoy, assistente de projetos & PR aqui no iLovee, e a sua pug Charlotte – ou Chachá para os íntimos. Aonde quer que a Verô vá, a Chachá vai atrás. “Ela está comigo há três anos”, relembra, “E há três anos ela é o amor da minha vida.”

SHOP THE LOOK

Só pelo olhar, a gente fala com tranquilidade: é recíproco. Se pudéssemos entrevistar e tirar quotes em vez de latidos da Charlotte, temos certeza que ela diria o mesmo e muito mais sobre a dona. “Minha relação com a Chachá é muito forte, quase não dá para explicar”, conta, “É intimidade, é muito amor mesmo. Não tem hora melhor do que chegar em casa e vê-la feliz em me ver!”

Nesse Dia das Mães, o iLovee e a Lola & Maria decidiram mergulhar no universo e trazer também, por que não?, uma mãe de pet e sua filha. À convite da marca que está na nossa curadoria, elas posaram no Empório Frutaria, um lugar que ambas frequentam, com as peças-desejo da coleção. Entre um clique e outro, a gente fez um bate-bola rápido com a Verô.

SHOP THE LOOK

iLovee: Antes de mais nada, por que Charlotte?

V.: Fiquei entre três nomes: Charlotte, Valentina e Lolita. Queria algo forte como é o meu nome – que eu amo; obrigada, mãe! – e que gerasse um apelido fácil e divertido. Aí optei por Chachá!

iLovee: E a Chachá é filha única?

V.: Não é bem filha única, não. Na minha casa na serra, temos vários animaizinhos. Muitos dos cachorros, inclusive, resgatamos e adotamos. É uma grande família, mas a minha relação com a Charlotte é especial; acho que ela sente o mesmo amor que eu sinto por ela.

SHOP THE LOOK

 


iLovee: Como é ser mãe de pet?

V.: É muita responsabilidade e também muitas alegrias. Ela é minha filhota, sabe? Eu a amo demais e acho que ter a Charlotte é uma pequena amostra do que é ser mãe e se doar para um bebê.

iLovee: Que lindo, Verô! Sentimos uma vontadezinha de ser mamãe ou é só impressão nossa?

V.: Não, não é impressão, rs. Eu quero sim ser mãe de um ‘ser humaninho’, mas não agora. Acredito que é uma das coisas mais incríveis e sei que será um momento maravilhoso da minha vida.


SHOP THE LOOK

DÊ O PLAY NO MAKING OF

 

Em destaque

assine nossa newsletter

Voltar ao topo Voltar ao topo