X

Tudo o que você mais ama

Assine para receber muitas novidades,
promos, dicas e achados do fantástico
universo online. E claro,
tudo isso com muita inspiração.

27/08/2020 | Juliana Cunha

Ronda da semana: sobre reinvenções

Tudo Lifestyle História

Fazia tempo que não escrevia uma introdução em primeira pessoa por aqui: toda semana, procuro algum tema comum nos temas da ronda para o título. Esta semana, achei uma coincidência que todos os temas tenham a ver com reinvenção. O curta-metragem de Almodóvar (seu primeiro em inglês!), a necessidade frente o tédio e até a escritora que há dez anos tira uma foto com o marido no lugar onde se casaram: não estamos todos em busca de revisitar conceitos estabelecidos, parâmetros pré-aprovados, concepções intocadas?

Um desejo por desejos

Esse texto, indicado pela CEO do iLove.e, Mari Ribeiro, fala sobre o tédio — segundo Tolstói, um desejo por desejos — e explica como seu agravamento anda lado a lado com o desenvolvimento capitalista: com a ampliação de possibilidades e acesso a diversão e consumo, enquanto fontes espirituais de significado perdem espaço, cresceram as expectativas de que a vida seria divertida e as pessoas, interessantes, e daí vem a decepção quando a realidade não corresponde à expectativa. Para Heidegger, trata-se do “déficit inefável de algo inominável que nos parece inteiramente familiar” — e se ele morreu em 1976, o que diria do que vivenciamos em meio à pandemia? O tédio pode parecer algo muito mais presente nesse momento, mas o texto ilustra o quanto ele é inerente à condição humana e surge mais forte a depender do que o mundo reserva para nós. 

O combate às drogas nos Estados Unidos

Sei que o tema é polêmico, mas acrescenta muito ao debate: essa reportagem especial da Folha de S.Paulo, que é parte da série Estado Alterado, traz detalhes sobre a política de combate às drogas adotada recentemente nos Estados Unidos. Se antigamente a metodologia adotada era a guerra, atualmente o programa engloba medidas de redução de danos: há um programa de aconselhamento com padrinhos ex-viciados, profissionais que acompanham pacientes interessados em interromper o ciclo vicioso de uso de opioides (leia-se oxicodona, heroína, fentanil) ou metanfetamina. Com histórias reais, a imersão reúne dados importantes desde a adoção de uma política pública de aceitação e inclusão, e as próximas devem seguir na linha de retratar os efeitos das políticas para drogas ao redor do mundo

O que vem a seguir para Brasília?

Os 60 anos de Brasília são tema dessa matéria na Architectural Digest, que descreve a capital como uma das poucas metrópoles capazes de encantar amantes da arquitetura. Do conceito de uma cidade desenhada para automóveis ao projeto político da capital no centro da nação, o texto aborda questões do passado, presente e incita indagações para o futuro da sede do Governo Federal. Discute, além da arquitetura, a disposição do Plano Piloto e as cidades-satélite — só faltou a opinião de arquitetos, cientistas políticos e cidadãos brasileiros. 

Efeitos da máscara

Você já ouviu falar de mascne? É um daqueles termos cunhados durante e por causa da pandemia: a acne que nasce na região em que usamos as máscaras devido à falta de circulação de ar por ali. Aqui, dicas básicas para lidar com essa nova vertente da temida família de cravos e espinhas. 

3 drops:

Esse link do Cup of Jo com a Gemma Burgess, roteirista nova-iorquina que há dez anos, tira uma fotografia com seu marido no lugar onde se casaram. 

A estrela da nova coleção Stella McCartney + Adidas: Lourdes Léon, a filha da Maddona. 

O primeiro vídeo do curta-metragem A Voz Humana, de Pedro Almodóvar. Estrelado por Tilda Swinton e inspirado na obra homônima de Jean Cocteau, estreia da Bienal de Veneza, que acontece entre maio e novembro de 2021. As gravações foram feitas durante o isolamento social espanhol e trata-se da primeiro filme em inglês do diretor. 

Ensinar e aprender moda

Essa matéria da Elle debate como o ensino de moda no país está relacionado à forma como se produz roupas por aqui, mas também à perpetuação desse sistema insustentável — falamos mais sobre ele nessa ronda. Temas como sustentabilidade, design fora do eixo eurocêntrico, pluralidade e responsabilidade social ainda carecem de profundidade nos cursos de ensino superior do país: como, então, transformar a moda que é aqui produzida?

Bola de cristal 

Há algum tempo, fizemos aqui no iLove.e uma matéria com profissionais de previsão de tendências falando sobre antever um mundo que não sabemos quando será concretizado para além do imaginário: o pós-pandemia. Essa matéria da Gama falou não só com esse tipo de pesquisador, mas também com especialistas em clima, física e escrita para mergulhar nos caminhos que levam ao futuro

Beijos e até semana que vem.

Em destaque

assine nossa newsletter

Voltar ao topo Voltar ao topo