X

Tudo o que você mais ama

Assine para receber muitas novidades,
promos, dicas e achados do fantástico
universo online. E claro,
tudo isso com muita inspiração.

29/04/2019 | Stephany Melo

Por dentro das bolsas Anacapri de quatro mulheres inspiradoras

Tudo Moda História

Você já deve ter escutado aquele velho clichê de “se você quer conhecer uma mulher, saiba o que ela carrega em sua bolsa”. Inspiradas por ele e de olho em feeds apaixonantes no Instagram – que, diga-se de passagem, pode ser considerada a nova espiada na bolsa para conhecer qualquer um –, resolvemos mergulhar em um roteiro descolado por São Paulo que virou história por aqui e no nosso IGTV, passeando pelo lifestyle de quatro mulheres por dentro da versatilidade de suas bolsas Anacapri: Carla OrtizLetícia Becker, Gabriela Caroli e Fernanda Esteves

E a primeira parada não poderia ser mais estilosa, criativa e fora da caixinha do que um encontro com a Carla no Ateliê de Calças. Formada em moda, a pisciana, criadora de conteúdo e que sonha em ter uma marca que vista todos os corpos abriu sua bolsa e contou um pouco pra gente sobre seu estilo se ser e vestir: 

iLovee: Ca, antes de chegar à sua bolsa, gostaríamos de entender como é seu dia a dia. Você pode nos contar um pouco da sua rotina? 

C.O.: Como trabalho mais como freela, não acordo muito cedo. Meu dia a dia é basicamente trabalhar na parte da tarde e noite, até umas 20h, porque não sou uma pessoa da manhã AT ALL. 

iLovee: E quem é você, se pudesse se descrever a partir da sua bolsa? 

C.O.: Eu sou super desorganizada, então minha bolsa é uma bagunça, rs. Pensando nisso, eu não carrego muita coisa e vou direto ao ponto.

iLovee: E se você pudesse resumir seu lifestyle em três coisas, o que não poderia faltar na sua bolsa? 

C.O: Com certeza não poderiam faltar meus óculos, porque sou míope, um caderninho para eu me organizar melhor e um scrunchie –  aquele prendedor de cabelo de tecido. Sempre precisamos de um no dia a dia, né?

E a nossa aventura continua, desta vez com uma dose de expertise em estilo com a consultora, facilitadora em cursos de formação e especialização na área, mulher-mãe atarefada, sócia-fundadora da Trio Inteligência em Imagem, que trabalha de casa e dá conta de mil tarefas: Letícia Becker. Super engajada na mensagem de que “estilo é transformador”, ela abriu a bolsa e o papo falando um pouco sobre como essa peça a traduz:

iLovee: Lê, de olho no que você carrega na bolsa, como você se descreveria? 

L.B.: Eu sou uma pessoa fácil, destemida. Gosto de dar chance aos novos acontecimentos. Então na minha bolsa carrego o que preciso para estar amparada ao longo do dia caso a agenda mude de última hora. Sempre tenho alguns itens de maquiagem, colírio, um lanche e o que preciso para atender a um trabalho ou reunião (como agenda, computador e meu paquímetro – instrumento de visagismo que mede a proporção facial). Já percebeu que minha bolsa precisa ser grande, não é?

iLovee: E por quê essa bolsa combina com você e sua rotina? 

L.B: Justamente porque preciso de espaço! Além disso, ela é versátil, não sou daquelas que fica mudando de bolsa conforme o look, já que meu dia a dia é bem cheio. Entre atendimentos pessoais, eventos em marcas que trabalho e a escola Trio meu dia a dia tem um ritmo intenso. Sempre que posso reservo tempo para estar com meu filho em meio à rotina. Meus finais de semana, cada vez mais, são dele e do meu marido. Desligar é essencial para refrescar minhas motivações!

iLovee: Pra finalizar, como você descreve o seu estilo? 

L.B.: Entendi que em matéria de visual o mais importante são os “nãos” que a gente dá às tendências que não combinam com gente. Isso ajuda a manter a clareza sobre quem somos. Pensando nisso, gosto de uma base clean, roupas descomplicadas com toques de ousadia (amo um decote arquitetônico). Minha base é neutra, então tenho peças em cores fortes, vibrantes - acredito muito no estímulo energético que as cores oferecem e uso muito isso ao meu favor! Para finalizar: amo acessórios; de preferência àqueles que contam alguma história, que foram de alguém querido ou que eu trouxe de alguma viagem. Ultimamente estou fascinada por braceletes, adoro misturar tipos diferentes. 

A próxima parada, que é a cara da mulher inspiradora que conversamos, é perfeita para acrescentar à sua lista desejos. Formada em Gestão Ambiental com pós em Educação e Saúde Ambiental, além de ser mãe de um menino de onze anos, modelo plus size e dona de uma coleção de cliques para top marcas, Gabriela Caroli bateu um papo com a gente sobre o papel da sua bolsa em uma rotina cheia de afazeres. E como ela precisa se arrumar rápido entre um compromisso e outro, nada melhor do que encontrá-la no DryClub, um hairstyle club com um toque Instagramável em cada canto:

iLovee: Gabi, pode começar contando por que essa bolsa combina com o seu dia a dia? 

G.C.: Ela é perfeita pra mim porque é estruturada, elegante e cabe tudo e mais um pouco lá dentro, o que é ótimo porque sou uma pessoa prática, que está sempre preparada para resolver o que for necessário.  E minha rotina é bem puxada. Acordo cedo com meu filho porque ele estuda de manhã e de lá vou ao trabalho, que na maioria dos dias é em algum estúdio por São Paulo, mas às vezes é fora – além de fazer a rotina de casa. 

iLovee: No meio de tudo isso, o que não pode faltar? 

G.C.: Com certeza um batom, porque acho pratico pra dar uma levantada no visual principalmente quando aparece Casting; um par de óculos de sol, porque tenho os olhos sensíveis;  meu celular, por conta do trabalho e remédios, já que sofro de enxaqueca. 

Por último, mas não menos importante, nos encontramos com ela que é inspiração em cada clique na timeline do instagram: Fernanda Estevez. E inspiradas pelo estilo descolado e good vibes dessa sagitariana com ascendente em aquário que é as mãos e mente por trás das lingeries Natô e Brechó Teva,  escolhemos o Tea Connection como ponto de encontro:

iLovee: Pra dar o start, pode nos contar como é sua rotina? 

F.E: Depende muito do dia. Normalmente trabalho no meu atelier Natô, que montei recentemente, onde confecciono peças de lingerie desde a compra do material, produção e produto final, e depois disso corro pra faculdade – estou no penúltimo ano de Comunicação Social.  Já aos sábados curso confecção de lingerie. 

iLovee: Legal! E nós adoramos seu estilo. Pode contar um pouco sobre a relação dele com o que você carrega na bolsa? 

F.E.: Sou uma pessoa bem básica e objetiva, e é por isso que essa bolsa combina tanto comigo. Não carrego nada do que não uso ou que “talvez possa usar”. Acho que uma coisa que eu levo na bolsa e me descreve muito é meu brinco de leão (ele é da sorte), porque sou muuuito supersticiosa. Se eu não estiver ele com certeza vai ter algum cristal.

Shop Anacapri

 


 

 

explorar

Compre

Em destaque

assine nossa newsletter

Voltar ao topo Voltar ao topo