X

Tudo o que você mais ama

Assine para receber muitas novidades,
promos, dicas e achados do fantástico
universo online. E claro,
tudo isso com muita inspiração.

25/09/2018 | Livia Cadete

A parceria do bem entre Ervadoce e Oncoguia

Tudo Moda História


O Grupo Ervadoce, através das marcas Lola e Maria e Ervadoce, desenvolveu uma linha de camisetas e lenços em parceria com o Instituto Oncoguia, e sabe o mais bacana dessa história? 100% dos lucros serão revertidos à instituição. A campanha, fotografa e filmada pelo iLovee, pretende ajudar na divulgação de informações sobre a prevenção e detecção precoce dos cânceres ginecológicos. 

O Oncoguia é especializado em ajudar pacientes com a doença a viverem melhor por meio de projetos, ações e apoio especializado. Sua prioridade é levar acesso à informação de qualidade, desde detecção precoce até o tratamento. 

Para saber mais sobre esse novo momento e celebrar a collab, preparamos um conteúdo especial com Laura Wie, Gislane Charaba e Anne Carrari, três mulheres com histórias incríveis de superação e muito amor próprio.

MULHERES RESILIENTES  

Laura é apresentadora e empresária. Sentiu um caroço durante a aula de ginástica, e logo lembrou que já fazia 6 meses que sua mamografia estava atrasada. Após os exames, a empresária foi diagnosticada com câncer de mama e conseguiu vencer essa batalha graças a ajuda especializada e muita positividade para enfrentar essa fase.

“Eu conheci o Oncoguia de uma maneira muito interessante porque eles vieram até mim", contou, "Uma amiga em comum indicou o café que sou dona para algumas fotos e vídeos da campanha. Quando a equipe chegou lá, comentei que também tinha sido diagnosticada com câncer e pude conhecer mais sobre a instituição. Depois disso, fiquei super próxima das ações da ONG. Acho lindo a maneira como eles cuidam do outro com o maior carinho e respeito!”  


Já Gislaine tinha 29 anos quando foi diagnosticada com câncer de mama. A modelo passou por uma das fases mais difíceis de sua vida e, mesmo sendo uma mulher muito independente, nessa hora, aprendeu a pedir ajuda. Segundo ela, resiliência é a palavra-chave para passar por esse momento tão delicado e é fundamental estar sempre atenta aos exames de rotina. “O câncer foi o pior momento da minha vida e vai ser sempre parte da minha história. O importante é que estou viva, sou jovem e tenho muito o que viver ainda", conta.

Para ela, ter acesso à informação foi essencial no seu tratamento. "No meio de toda essa turbulência, tentei procurar o máximo de informação possível e cheguei ao Oncoguia, onde estou até hoje na rede de voluntários.  Queria mais informações e também ajudar as pessoas, assim como fui ajudada. Ser um exemplo, já que tantas mulheres serviram de exemplo para mim.”

 

Anne Carrari teve um diagnóstico conturbado, por isso frisa a importância de sempre procurar informações e se atentar às mudanças do seu corpo. Sua dica é: não se desespere e faça seu tratamento porque existe muita vida e beleza após a doença. “Diferente do câncer de mama, que possui diversos de exames de rotina para sua detecção, o câncer de ovário é silencioso. Por isso, a importância de uma instituição séria como o Oncoguia, que leva informação especializada sobre o assunto."

Ela também ressalta o fato de que devemos prestar muita atenção ao tipo de informação que encontramos por aí. "Quando você entra na internet, existem milhares de informações falsas sobre câncer e matérias sensacionalistas que só vão te atrapalhar nesse momento delicado. É super importante essa campanha para que as mulheres possam se empoderar mais".


Aperte o play e confira mais detalhes dessa parceria emocionante:

 

SHOP GRUPO ERVADOCE + ONCOGUIA

 


Em destaque

assine nossa newsletter

Voltar ao topo Voltar ao topo