X

Tudo o que você mais ama

Assine para receber muitas novidades,
promos, dicas e achados do fantástico
universo online. E claro,
tudo isso com muita inspiração.

X
07/05/2019 | Carla Rodrigues

O universo lúdico da mãe de gêmeas e figurinista Erika Grizendi

Tudo Moda História

Com um sorriso tímido e um café recém-passado. Foi assim que a figurinista teatral Erika Grizendi nos recebeu em seu apartamento para uma manhã de fotos. Com uma decoração instagramável em cada cantinho, o apartamento reflete o bom astral e serenidade da dona. Mas não é sempre que a calmaria prevalece no lugar: além do marido, Erika mora também com as duas filhas - gêmeas, Isabela e Rebeca, de 12 anos. 

Entre um clique e outro, com styling de Lola e Maria, conversamos com Erika sobre maternidade e a dinâmica de ser mãe de duas pré-adolescentes. Deslize para conferir o papo:

iLovee: Érika, nós sabemos que você é figurinista de teatro. Mas conta um pouco como foi sua trajetória até aqui? 

E.G.: Vim para São Paulo fazer faculdade de moda e me tornei mãe aqui. Fiquei grávida no primeiro ano de faculdade, aos 19 anos. Foi um momento de autoconhecimento geral, tanto como mulher, quanto como profissional. O interessante é que minhas filhas me tiraram, mas também me colocaram no caminho. Com elas, descobri que meu lugar não era a moda e passei a frequentar circos e peças teatrais, conhecer os palcos e descobrir que ali tinha um espaço maior para concretizar o processo criativo que eu gostava e que nós já vivíamos intensamente em casa por causa das meninas. 

 

 

iLovee: Então você pode dizer as meninas te ajudaram a desenvolver seu lado criativo? 

E.G.: Com certeza, e eu percebi isso ainda na faculdade, pós-gestação. Me formei com um TCC já com temática infantil porque não tinha como a maternidade não refletir outros aspectos da minha vida. E com isso, também pude perceber outros nichos do mercado que precisavam de versatilidade, sustentabilidade e economia.

iLovee: As meninas acabaram de completar 12 anos. Como está sendo para vocês esse período de pré-adolescência?

E.G.: Nós estamos descobrindo todos juntos porque essa mudança não é tão clara e abrupta. São muitas sutilezas e é importante que a gente seja permeável porque elas também estão se descobrindo. São outras demandas, mas é muito curioso. Já sinto falta delas pequenas, mas essa idade agora também é incrível porque já existe uma conquista de autonomia. É sempre uma novidade, uma aventura.


iLovee: Erika, como você lidou com uma gestação sendo tão nova? Ser mãe sempre foi algo que você quis?

E.G.: Eu sempre desenvolvi esse papel de afetividade, que é relacionado às mães, com meus amigos e família então esse carinho e cuidado já estava presente. É bem assustador a princípio, porque são só nove meses para se preparar. Tem outras questões na sua vida que você está fazendo planos e tomar um susto assim dá a entender que é limitador, mas, na verdade, é tudo questão de tempo para amadurecer. Existe uma romantização muito grande da maternidade, mas na vida real não é assim, a gente rala bastante.
E eu tive um apoio muito grande, sabia que era algo que queria apesar da pouca idade. Também tinha acabado de perder minha mãe, então foi muito positivo gerar vida depois de um período de perda tão grande.

iLovee: Você disse que teve apoio desde o início da gestação. Como é sua rede de apoio hoje em dia? Conta um pouquinho sobre a dinâmica da sua rotina? 

E.G.: Hoje em dia já é um pouco mais fácil de lidar por conta dessa conquista de autonomia delas. Dentro da rotina existe o horário para tudo e todos os horários da casa funcionam em torno delas. Então, todos os compromissos que eu e meu marido temos são relacionados ao período de escola delas. Eu trabalho fora de São Paulo, em Suzano, o que dificulta um pouco. Sentimos saudades, mas tentamos equilibrar. É uma conquista pouco a pouco e juntos, nos ajudando. A família mora longe, mas sempre tivemos uma rede de tios do coração que estiveram do nosso lado também. 

Gostou do papo e dos looks usados pela Érika? Aproveite para #ShopNow:

Em destaque

assine nossa newsletter

Voltar ao topo Voltar ao topo