X

Tudo o que você mais ama

Assine para receber muitas novidades,
promos, dicas e achados do fantástico
universo online. E claro,
tudo isso com muita inspiração.

X
13/06/2019 | Carla Rodrigues

O universo glam do designer Eduardo Caires

Tudo Moda História

Strass, broches, couro e muito P&B em uma atmosfera que mistura um mood glam e rock. Poderíamos estar falando de Saint Laurent, mas o cenário descrito é o ateliê/casa do designer de acessórios revelação, Eduardo Caires. Foi no apartamento no Baixa Augusta que divide com o namorado, o tatuador Leonardo Lubatsch, que Eduardo nos recebeu para uma conversa e fotos, posando com Fiever nos pés.

Aos 32 anos, ele vive um momento único em sua carreira: a criação de seu ateliê de customização e produção de acessórios. Há 15 anos no ramo da moda, Eduardo, que começou como vendedor, já passou por diversas áreas, mas foi no visual merchandising onde consolidou sua carreira. Eram os acessórios, porém, que sempre fizeram a cabeça do designer, que desde criança desenvolveu sua veia artística através da pintura e do interesse pela moda. “Lembro que quando criança eu pegava papel alumínio para moldar como se fossem acessórios. Fazia pulseiras, colares...”, relembra. 

Mas foi no ano passado, depois de 10 anos em uma grande empresa do mercado fashion e cansado da rotina de escritório, que Eduardo decidiu finalmente se entregar ao lado artístico. “Foi muito difícil para mim aceitar que precisava tomar uma decisão e, de repente, me desprender daquele sistema de trabalho de tantos anos, que me trazia estabilidade”, conta. 

Com o incentivo do namorado e de amigos próximos, ele saiu da empresa onde trabalhava e embarcou em uma viagem de descoberta, ainda sem um futuro definido. Foi então que o artista, que já fazia customização de jaquetas por hobbie, descobriu o strass como matéria-prima e ponto de partida para seu trabalho. 


“Eu tenho muito forte essa identidade punk, que aflorei mais depois de uma viagem à Londres, em 2014, onde fiquei muito inspirado com essa cultura forte que eles têm, com as jaquetas customizadas com broches, alfinetes. Foi aí que fiz minha primeira jaqueta, ainda em 2014”, relembra Eduardo, que uniu as pequenas pedras brilhantes à sua estética. 

As jaquetas foram a porta de entrada para a produção dos acessórios. Depois de se aprofundar e estudar a melhor maneira de trabalhar com o strass, o artista pôde finalmente aliar o material à sua paixão pelos acessórios, criando brincos, body chains, pulseiras, colares e outras peças statement que por si só já transformam qualquer look. “Quando pensei nessa história do strass, foi justamente por sempre ver os desfiles e gostar muito de moda, mas não ter acesso a essas peças. Então uma forma de ter esse acesso, foi com eu mesmo proporcionando. A ideia é trazer o brilho para as pessoas de forma acessível”.  

As peças logo chamaram atenção de stylists e profissionais da moda e o boom mesmo veio no carnaval, quando o artista se viu cercado de encomendas de peças para nomes como Sabrina Sato, Fernanda Paes Leme, Izabel Goulart e Camila Coutinho, além de diversos editoriais e produções. Ali nascia o Ateliê Eduardo Caires.


“Está sendo muito prazeroso. Eu sinto que em pouco tempo eu atingi pessoas muito legais que estão desejando meu trabalho”, comemora Eduardo, que faz as peças uma a uma, em um processo handmade. “Eu faço tudo sozinho, de maneira manual. É tudo muito personalizado, uma peça nunca sai igual a outra”, explica.

Mesmo com apenas quatro meses de existência, a marca é resultado dos 15 anos de experiências e referências acumuladas, de acordo com o artista, que se divide também entre os outros processos de manutenção da empresa. “Tem sido muito desafiador, porque tenho lidado com várias frentes, de criação até a parte jurídica. Mas hoje me sinto muito realizado fazendo minha arte, feliz de estar trabalhando no meu ateliê e fazendo meus próprios horários”, completa. Temos certeza que a moda brasileira também pode se dizer mais feliz depois do brilho que o trabalho de Eduardo adicionou a ela. 

SHOP FIEVER

Em destaque

assine nossa newsletter

Voltar ao topo Voltar ao topo