X

Tudo o que você mais ama

Assine para receber muitas novidades,
promos, dicas e achados do fantástico
universo online. E claro,
tudo isso com muita inspiração.

X
11/06/2019 | Lorena Eleutério

A rotina de uma produtora de eventos, DJ e Filmmaker com Julia Bueno

Tudo Moda Lifestyle História

 

Aos 25 anos, Julia Bueno já tem um currículo invejável: é produtora de eventos, DJ, filmmaker e acaba de se lançar no marketing de experiências com o projeto C’est la Vie, empreitada dividida com dois amigos. Isso sem contar a graduação em jornalismo, que também podemos adicionar nesse extenso CV e explica muito a sua desenvoltura para se comunicar e estar em frente e atrás das câmeras.

Definição de multitasking, a paulistana nos encontrou à tarde em um dos lugares mais hypados - e onde, eventualmente, ela toca - da noite de São Paulo, a mezzo balada, mezzo karaokê, Tokyo. Entre os neons da pista e as pickups, clicamos a Ju com tênis Fiever nos pés, batemos um papo e te mostramos na íntegra:

iLovee: Vamos rebobinar a fita porque queremos saber: quando e como começou sua carreira multitarefas?

J.: Desde pequena, sempre soube que a vida de escritório não era para mim. Acompanhava minha mãe em eventos, de fashion week a lançamentos, quando criança - isso fez com que eu me apaixonasse pelos bastidores. Com 14 anos, conheci a Debbiehell, que me levou às primeiras baladas, e conheci projetos incríveis como a Skins Under Party, o que me motivou a não só querer fazer festas, mas a construir experiências, memórias. Mais tarde, aos 16 anos, surgiu meu primeiro trabalho como DJ e um ano depois, como produtora. O universo da fotografia e vídeo veio em 2015, enquanto cursava a faculdade.

iLovee: Uau! Com tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo, como você conseguiu desenvolver todos seus skills?

J.: Bom, um trabalho foi puxando o outro, mas admito que quando comecei a produzir festas e tocar, precisei focar as energias. Depois, com o tempo, decidi usar a minha câmera fotográfica para registrar cenas e criar vídeos com o que aprendi de edição na faculdade.

iLovee: Ju, e com a agenda tão lotada, dá tempo de pensar em se envolver em outros negócios? 

J.: Não só dá tempo como eu já estou envolvida, rs. Comecei neste ano um novo projeto de marketing de experiências, o C'est La Vie, dos amigos Marvin Akbari e Henrique Oliveira.

iLovee: É muita energia! E como funciona esse projeto?

J.: Construímos experiências únicas, que reúnem storytelling com marketing profissional e produção de eventos. Nossa última experiência, por exemplo, foi um dia em Ilhabela com CEOs de grandes empresas. É umas das coisas mais loucas e incríveis com as quais já trabalhei na vida! 

iLovee: E você tem apenas 25 anos. Aliás, acha que a pouca idade é um desafio a mais no mercado de trabalho?

J.: Com certeza. Meu primeiro desafio foi aprender a lidar com um universo de gente muito mais velha, experiente e numa área dominada por homens. Demorei algum tempo para entender que nem todo mundo seria receptivo a uma garota de 17 começando a produzir e que teria, muitas vezes, que me esforçar em dobro para ser ouvida. Desde cedo, entendi que meu trabalho precisaria falar por mim, antes que muita gente confiasse no meu potencial. Mas, tive muita sorte e muitas pessoas incríveis apostaram em mim. Isso é o que há de mais precioso.

Errei muito, levei muito cala boca, me impus quando não era a hora. Demorei um pouco pra entender exatamente meu lugar e minha voz dentro da minha linha de trabalho, mas, hoje, cada vez mais sinto que estou no começo de uma estrada muito promissora


SHOP THE SHOES

iLovee: Com as redes sociais, você também se tornou mais que uma produtora de eventos, DJ e filmmaker, né? Hoje, também podemos te considerar uma influenciadora, já que mais de 45 mil pessoas te seguem. Acha que tem a ver com o seu estilo? Conta mais pra gente como você o definiria.

J.: Bom, como boa geminiana de ascendente, não tenho um estilo fixo. Às vezes, saio de salto alto e frente única, e, outras vezes, passo o dia de moletom e tênis. Meu estilo acompanha as necessidades do meu trabalho do dia e os lugares que vou precisar frequentar - já precisei até carregar duas trocas de roupa na bolsa para combinar com meus compromissos. Por isso, meu armário vai do paetê às pantufas, e acho que isso tem tudo a ver comigo. Agora se for para falar em peças-chave, elas são: os tênis e minhas botinhas de salto grosso, boas pra aguentar as maratonas.

iLovee: Por falar em tênis, logo de cara você se apaixonou pelo novo modelo da Fiever... 

J.: Sim, sou apaixonada por tênis. Às vezes, fico 15 horas de pé trabalhando e preciso da firmeza, conforto e estabilidade que esse modelo tem. No meu armário de sapatos, 50% são tênis. Uso tanto para looks com pegada mais street com calça de tactel, quanto para dar uma quebrada na formalidade em uma produção com blazer. Gosto muito de usar com vestidos também. 

iLovee: Antes da gente se despedir, indica uma playlist para quem quiser entrar no mood e conhecer melhor o seu trabalho.

J.: Claro! Quem quiser ficar por dentro é só acessar o meu Soundcloud e apertar o play!

 

explorar

Compre

Em destaque

assine nossa newsletter

Voltar ao topo Voltar ao topo