X

Tudo o que você mais ama

Assine para receber muitas novidades,
promos, dicas e achados do fantástico
universo online. E claro,
tudo isso com muita inspiração.

13/08/2018 | Sofia Stipkovic

A conexão fashion Brasil-NY de Frida Becker

Tudo Moda História

Você tem uma alma cosmopolita? Se a resposta foi sim, definitivamente Nova York está na sua lista de capitais que valem a visita - ou até uma mudança de verdade. Frida Becker, uma paulista da pequena cidade de Piedade, é assim e, quando teve a oportunidade de arrumar as malas e tentar a vida na famosa big apple, não pensou duas vezes. “A primeira vez que vim para NYC era muito nova, foi para competir com dança e me apaixonei. Desde então, a ideia de ter uma vida aqui não saiu da minha cabeça.”

A conexão fashion Brasil-NY de Frida Becker
A conexão fashion Brasil-NY de Frida Becker

 

E foi lá mesmo, entre os bairros do Soho e Williamsburg, que nos encontramos com ela, um longo crush nosso de Instagram - sério, você já espiou o perfil dela? É demais! Não à toa, quando decidimos o destino dessa rápida segunda edição do #iLoveeNY, sabíamos que a Frida tinha que participar.

A cidade tem uma vibe muito incrível e libertadora, me senti em casa desde o meu primeiro dia aqui.

No cenário quente do verão nova-iorquino, ela posou para as lentes do querido fotógrafo Guilherme Benites e provou para nós que o título de fashionista não é dado a ela em vão. Acompanhe entre os cliques - com styling da própria Frida, sapatos Mya Haas e bolsas Par Par Bags - uma entrevista cheia de curiosidades sobre a vida cinematográfica dela em NY.

A conexão fashion Brasil-NY de Frida Becker
A conexão fashion Brasil-NY de Frida Becker

 

iLovee: Frida, vamos confessar: acompanhamos sua trajetória fashion desde antes de você se mudar. Agora, que você já está estabelecida aí - parabéns pelo casamento! -, sente alguma diferença entre a Frida no Brasil e a Frida nos Estados Unidos?

F.: Muito obrigada pelo carinho! Sim, vejo uma certa diferença mas mais porque NYC é uma cidade muito ligada à moda, então sinto que eu me liguei muito mais a ela desde que me mudei pra cá também. Sem contar na facilidade que é comprar certos produtos que no Brasil, eu não conseguia encontrar.

iLovee: Sim, faz total sentido. Dá para ver que o seu olhar para moda é muito apurado. De onde vem tanta inspiração para fugir do comum?

F.: Inspiração pra mim vem de todo lugar. Rua, internet, uma combinação de cores legal que vi numa decoração. Gosto demais do Instagram e blog Man Repeller, outra coisa que me inspira muito é ver coleções novas de designers no Vogue Runway e definitivamente pessoas que vejo na rua - às vezes, vejo uma composição muito incrível de alguém cruzando meu caminho e juro que escrevo notas no meu celular falando sobre o que gostei naquele look, rs.

iLovee: Sendo tão ligada a esse universo, a gente lança uma pergunta importante. Como você vê o futuro da moda? O caminho é mesmo o see now, buy now ou o slow fashion tomará conta das relações fashion?

F.: Eu acho que estamos mais para o slow fashion. Sinto que estamos nos conscientizando do quanto fast fashion é prejudicial pro planeta e pra vida de muita gente, que é paga uma miséria e trabalha em condições horríveis em fábricas para produzir roupas com valor tão baixo. Sem contar que gosto muito da ideia de comprar uma peça um pouco mais cara, mas mais especial e que não vou ver todo mundo na rua usando.

A conexão fashion Brasil-NY de Frida Becker
A conexão fashion Brasil-NY de Frida Becker


iLovee: Agora vamos a um chat-chat bem rápido, Frida. Um look tipo pronta em um minuto...

F.: Sempre calça jeans preta, camiseta e bota. Esse é o meu look quando estou com muita preguiça de compor algo, rs.

iLovee: O que não passa nem perto do seu guarda-roupa?

F.: Nunca vou usar crocs na minha vida!

iLovee: E o que é sagrado dentro dele?

F.: Essa é difícil, mas eu sou louca por sapatos (e quem não, né?) então acho que tenho um apego especial aos meus.

Em destaque

assine nossa newsletter

Voltar ao topo Voltar ao topo