X

Tudo o que você mais ama

Assine para receber muitas novidades,
promos, dicas e achados do fantástico
universo online. E claro,
tudo isso com muita inspiração.

20/12/2018 | Mari Villaça

7 Marcas Cool e Conscientes para Presentear no Natal

Tudo Moda História


Essa é a coluna da Mariana Villaça, ativista, ecofeminista e cabeça pensante por trás do @muda.moda e da agência @un_moda_sustentavel. Por aqui, a Mari trará mensalmente textos com dicas e reflexões sobre como consumimos a moda, sustentabilidade e muita inovação. 

É impressionante como na época do Natal a energia das pessoas se transforma. Ficamos mais generosos, gratos, solidários e inspirados a espalhar afeto. Ruas iluminadas, casas decoradas, festas de confraternização e óbvio aquela vontade de dar e receber presentes. Mas não é de hoje que as famosas comprinhas de Natal vêm sendo questionadas. Estaria a data perdendo sua essência?  

Com toda certeza "estar presente é bem mais importante do que dar um presente". No entanto, é natural que haja um desejo de presentear quem a gente gosta. E, sim, podemos fazer isso de maneira planejada, consciente e sustentável. Para mostrar como fazer isso, listei sete marcas de impacto positivo que você precisa conhecer:

THINK BLUE

Think Blue, marca carioca de upcycling (processo de criar algo novo e melhor a partir de itens considerados sem valor) de jeans e slow fashion. Todas as peças são únicas e feitas com matéria prima garimpadas em brechós beneficentes ou que seriam descartadas. A marca oferece serviço de reparos e garantia vitalícia para as peças.


BRISA SLOWFASHION

Brisa SlowFashion é uma marca gaúcha de alfaiataria que trabalhamos com tecidos orgânicos, naturais e de baixo impacto ambiental. Todas as peças tingidas são feitas no próprio ateliê da marca, de maneira natural e utilizando técnicas manuais. Toda produção e feita no Rio Grande do Sul fomentando a economia local.  As peças tem um acabamento incrível.


MUMO MODA

Mumo Moda é uma marca que junta impacto positivo ambiental com social. Por acreditar que a moda tem o poder transformar o mundo, sempre que possível opta por matérias primas sustentáveis. Além disso tem um modelo de negócio onde, todo ano uma causa é escolhida e todas as peças vendidas tem uma parte do seu valor revertido em doações para um ONG que fomente a causa em questão.


THRIF-TEE

Thrif-tee encontrou no vintage uma maneira de prolongar a vida útil de centenas de roupas e acessórios. As peças são todas únicas e garimpadas ao redor do mundo. Os garimpos propõem uma reflexão sobre hábitos de consumo e resgatam uma consciência socioeconômica coerente com o nosso tempo.


VERT SHOES

VERT Shoes é uma marca de calçados meio francesa meio brasileira. Toda a borracha utilizada  é natural (látex), extraída das seringueiras selvagens da Amazônia e fazem parte de um programa de exploração sustentáveis de recursos. O pagamento pela borracha é justo e acima do mercado, dessa forma melhora a renda dos seringueiros e age como um freio no desmatamento.


CATARINA MINA

Catarina Mina é uma marca artesanal e ecofriendly de bolsas, que a fim de valorizar as pessoas por trás das peças - que pensam, criam, costuram, revisam, distribuem, e fomentar o pensamento em rede. Foi a primeira marca do Brasil a apostar em transparência e ter custos abertos.


EMI BEACHWEAR

Emi Beachwear é uma marca de moda praia sustentável do Rio de Janeiro. Os tecidos utilizados são tecnológicos e biodegradáveis. Ou seja, se decompõem em até 4 ano se descartadas em um aterro sanitário (tecidos convencionais podem levar 180 para de decomporem). Além disso, estampas são pintadas à mão e depois digitalizadas para impressão.


Que tal esse ano, fazer do Natal um momento de fomentar uma nova era da Moda? Claro que o design e qualidade das peças são imprescindíveis, mas vamos valorizar também o que está por trás delas. Como e por quem elas foram feitas, qual impacto do processo produtivo no nossos ecossistema e principalmente, os valores das minhas marcas favoritas me representam? São ótimos questionamentos para impulsionar a mudança.

E aproveitando o mood dos presentes mais conscientes, não esquece de embrulhar o mínimo possível, ou então nem embrulhar - assim evitamos que várias embalagens virem lixo desnecessário.

E aí, curtiu as dicas? Conta aqui como foi para você essa experiência.

SHOP CONSCIENTE


Em destaque

assine nossa newsletter

Voltar ao topo Voltar ao topo