X

Tudo o que você mais ama

Assine para receber muitas novidades,
promos, dicas e achados do fantástico
universo online. E claro,
tudo isso com muita inspiração.

X
11/05/2018 | Lorena Eleutério

Moda, fitness e maternidade: o que mudou na vida da Pam Ewbank

Tudo Moda Lifestyle História


O sobrenome é forte e com certeza você já deve ter escutado por aí. Pamela Ewbank é aquele tipo de musa fitness que se você ainda não segue, deveria dar um follow agora! Ela é não só um grande exemplo de vida saudável como uma referência de profissional de moda e mamãe super cool também.

Apesar de ter se formado em Publicidade, o sonho da Pam sempre foi trabalhar com moda e foi nesse universo que ela mergulhou após o término da graduação, cursando styling. A oportunidade de dar efetivamente os primeiros passos no mercado foi com sua tia (e também stylist) Deborah Ewbank – sim, mãe da musa Giovana Ewbank. Não é nem preciso dizer que, em pouco tempo, a dupla Ewbank se tornou uma das mais requisitadas.

 

Foi em meio a essa correria fashion que ela descobriu a primeira gravidez, o que não a impediu de manter o ritmo intenso até o oitavo mês. “Fiquei durante um ano me dedicando só a Olívia e, nesse período, tive que arrumar algo que fosse mais leve para fazer”, conta, “Foi quando resolvi me unir à minha irmã, Raquel, que é a fundadora da Ewbank Joias.”

Apesar de amar o meu trabalho, tem algo aqui dentro que é mais forte: o sentimento de mãe. Eu jamais suportaria ficar em falta com minha filha.

Paralelamente à essa vida de mãe e entrepreneur, o lifestyle da Pam também tem lugar cativo nas prioridades dela. Mesmo na sua segunda gestação, a musa mantém os braços definidos, pernas sequinhas e a pergunta que não quer calar – e nós fizemos, é claro! – é: dá para ser fitness na maternidade? A resposta você confere no bate-papo a seguir.

 

iLovee: Antes de mais nada, parabéns pela gravidez, Pam! Ficamos sabendo que será um menino, Miguel. O que você acha que vai mudar na sua vida com a chegada dele?

P.: Olha, sinceramente eu não estou nada apavorada porque tenho dois braços, posso carregar um filho em cada então só vou começar a me preocupar com a chegada de um terceiro! Brincadeiras à parte, eu acho que um filho é uma benção tão grande na nossa vida que a única coisa que consigo pensar é que minha vida vai ser cada vez mais maravilhosa.

iLovee: Quando você é mãe de primeira viagem, muita coisa é novidade. Mas, agora na sua segunda gravidez, o que você já aprendeu e está fazendo de diferente?

P.: Na minha primeira gravidez, eu tinha muitos medos e inseguranças e hoje eu não tenho tempo para isso. Na verdade, não tenho tempo para muita coisa que antes eu tinha como, por exemplo, não consigo falar “Ai, mexeu! Que bonitinho!” porque antes de terminar a frase, a Olívia já estará me chamando, rs. Dor de cabeça, enjoo, essas coisas? Também não mais! E, se tiver, toma um remedinho que passa logo. Apesar disso, acho que cada gravidez é única e elas são sempre muito particulares e especiais.

iLovee: Pam, a gente super te acompanha no Instagram e vimos como foi rápida a recuperação da sua boa forma depois da Olívia. Como é sua alimentação, especialmente na segunda gravidez?

P.: Eu sempre me preocupo com minha alimentação, mas eu não sou aquele tipo de pessoa extremista. Eu gosto de dançar conforme a música então eu penso: ‘Quantas vezes na vida eu vou engravidar?’, essa talvez seja a última então eu me permito viver o momento. Mas, se é relevante te contar, eu confesso que na minha busca do google tem coisas do tipo: Como voltar rápido ao seu peso pós gravidez, rs!

 

iLovee: E quanto aos exercícios, você continua com eles mesmo grávida?

P.: Isso é uma pergunta que eu recebo muito dos meus seguidores e é algo que eu acho bem particular. Eu, Pâmela, continuo sim, mas não acho que seja certo ficar indicando o que eu faço para as outras pessoas, pode ser que isso funcione para mim e pro outro não. O que vocês podem acompanhar é que eu continuo no pilates, faço uma leve caminhada e uma drenagem, que é super indicado para grávidas, se manter o nível moderado da massagem.

iLovee: Para finalizar, conta pra gente: como tá o coração com a chegada do primeiro menino?

 P.: Na minha família, só tem mulher e eu tenho só um sobrinho menino. Confesso que antes não via graça em ter um menino, mas hoje estou super feliz com esse presente de Deus! Na rua, só consigo olhar para bebês meninos. Estou muito animada e já comprei um zilhão de roupinhas para ele, mas não posso negar que será um desafio fashion vestir o Miguel. Acompanhem que vai ser muito legal!

SHOP THE SHOOT



Em destaque

assine nossa newsletter

Voltar ao topo Voltar ao topo