X

Tudo o que você mais ama

Assine para receber muitas novidades,
promos, dicas e achados do fantástico
universo online. E claro,
tudo isso com muita inspiração.

X
02/05/2017 | Team iLove

Manu Rahal Fala Sobre Carreira, Tênis e Influenciadores

Moda Lifestyle História

Manu Rahal Fala Sobre Carreira, Tênis e Influenciadores

Manu Rahal tem presença marcante e opinião. Dá para sentir isso só de olhar para ela. O corte de cabelo reto e moderno, as escolhas autênticas dos looks com styling Stylemarket e sapatos Paula Torres, a coleção de tênis que ela espalhou orgulhosamente pelo tapete da sala para nosso shoot escancaram uma mulher contemporânea, real, decidida. Aliás, se for para falar sobre estilo, o tênis é uma peça que descreve muito bem Manuela, da rotina de trabalho dinâmica aos momentos disco comandando pick-ups – a jornalista e founder da agência Rahall faz as vezes de DJ na noite paulistana.

Assim como seus sets badalados evoluíram com o tempo – Manu começou tocando com uma amiga e, agora, se apresenta solo –, seu estilo e carreira fizeram o mesmo. “Minha trajetória profissional começou no Valor Econômico”, relembra, “Eu fugia do padrão daquele escritório, tinha que usar camisa para esconder as tatuagens de dia e, à noite, saía para discotecar na D-Edge, The Week…” Parafraseando alguma canção clichê (que Manu não toca, não adianta insistir no pedido), não era para ser pra sempre. “Depois de quase uma década no jornalismo, tendo passado por assessoria, TV e redação, a Nike apareceu.” Nesse ponto, dá até para fazer uma pausa porque, a partir desse capítulo, a história da Manu mudou.

 

“Eles me pediam jobs como encontrar 30 corinthianos legais para receber a nova camisa do time. Foi aí que escutei pela primeira vez o termo ‘influenciadores’ e, nessa época, encontrá-los era uma pesquisa de campo, sem as redes sociais. Se eu queria descobrir quem era o próximo grande chef, tinha que ir conversar com o Alex Atala.” Com essa experiência super rica todos os dias, o jeito de pensar a comunicação evoluiu muito e Manu estava sempre a um passo à frente de todo mundo. “É o jeito upcoming da Nike, algo que levei comigo pro resto da vida”.

SNEAKERHEAD DOS PÉS À CABEÇA

Manu se considera uma sneakerhead, especialmente depois da sua passagem pela Nike. “Tive meus momentos punk na adolescência”, confessa, “Mas, sempre gostei de tênis, só que trabalhando lá acabei me tornando uma sneakerhead”, diz, “Antes mesmo da moda athleisure, eu já aparecia para trabalhar combinando-os com camisa e calça meio social!”.

SHOP THE LOOK

O bate-papo estava muito bom, sentadas entre airs e pegasus, mas Manu encerrou as fotos em casa, subiu num carro com a gente e nos levou para terminar a conversa no coração de São Paulo – ali pertinho do cruzamento da Av. Ipiranga com a São João. No caminho, ela continuou narrando o passo-a-passo da sua carreira. “Sempre fui muito sociável e, depois de sair da Nike, descobri que, na verdade, eu tinha vocação para ser RP”, diz, “Passei pelo Glamurama, algumas agências e, antes de abrir meu business, fiz o festival MECA”. Sucesso de público e crítica, a plataforma cultural teve a inteligência da Manu por trás da área de relacionamento por um ano até que ela decidiu sair das “sombras” e botar a cara no negócio próprio.

RAHALL

Se você digitar Manuela Rahal no Google, o primeiro link que surge é o LinkedIn. Não é à toa. A paulistana de 32 anos tem passagens profissionais, contadas acima, interessantíssimas e, desde agosto de 2016, comanda, ao lado da sócia Marcela, a agência Rahall – “Meu sobrenome é muito sonoro, sempre me chamaram por ele, mas não queria algo egocêntrico. Por isso, o Rahal com um ‘L’ a mais, ele traz essa ideia de ‘all’, de ‘todo mundo’.”

Nosso trabalho não é sobre número de likes, é sobre influência de verdade, off-line.

Com o know-how adquirido, a dupla cria estratégias de comunicação de influência para as marcas. De olho nisso, a Nike voltou para a vida da Manu. “A gente pesquisa e descobre quem serão os influencers daqui dois anos”, revela, “É uma molecada criativa, incrível. Está sendo uma experiência muito legal de aprendizado também com eles”. Além da empresa esportiva, a Rahall já tem na cartela de clientes, outros nomes de pesos como a Farm e o gin Tanqueray.

SHOP THE LOOK

Com a conversa fluindo tão bem, a gente mal percebeu que o sol já estava caindo. Antes de dar “até logo”, o último pit-stop foi no banheiro de azulejo azul e banheira amarela do apê no centrão. Enquanto ela arrumava o cabelo, o clima de descontração só aumentava e os últimos cliques mostraram toda a irreverência e criatividade tão características da essência da Manu.

 SHOP THE LOOK

 DÊ O PLAY NO MAKING OF

Em destaque

assine nossa newsletter

Voltar ao topo