X

Tudo o que você mais ama

Assine para receber muitas novidades,
promos, dicas e achados do fantástico
universo online. E claro,
tudo isso com muita inspiração.

X
16/05/2018 | Isadora Diógenes

A Consciência Ecológica e o Design Por Trás da Bléque

Moda Tudo Lifestyle História

 

Você, com certeza, já ouviu em algum momento sobre novas formas de consumo. O debate vem ganhando cada vez mais força na moda e novas marcas surgiram levantando essa bandeira. Mas calma! Entenda que ser uma marca com preocupações ecológicas, não quer dizer ser 100% sustentável, mas sim que essa empresa possui iniciativas dentro da sua cadeia produtiva que estão colaborando para a prática do consumo consciente, como é o caso da Bléque, brand super cool da musa Renata Negrão.

A Bléque trabalha com vários tipos de matérias-primas que partem de algum tipo de reaproveitamento, mas não é só isso. Em um bate-papo, a Rê nos contou que um dos grandes diferenciais da sua label é aliar o ecológico com o design, criando assim vários sapatos e bolsas-desejo. “Eu quero fazer produtos de moda que as pessoas achem incríveis, mas que não pareça que peguei várias coisas e coloquei em um sapato, sabe? Então sempre estamos estudando para trazer novos materiais e fazer coleções sem poluir tanto o meio ambiente”, contou.

Ficamos curiosas para saber mais sobre todos os processos da Bléque e perguntamos tu-do!

 SHOP THE LOOK

iLovee: Rê, estamos curiosíssimas para entender como toda essa matéria-prima chega até você. Conta tudo!

R: Nossa, é um processo longo! O couro do pirarucu sai de Manaus e vai para o Rio de Janeiro, onde a pele é tratada, tingida… Aí só depois que vai para Campinas e distribuímos entre os nossos fabricantes. 

iLovee: E como é esse processo ainda em Manaus e por que ele é sustentável?

R: Antigamente, o peixe era pescado, a carne consumida e a pele descartada nos rios. Depois de muito estudo, algumas ONGs começaram a trabalhar com esses ribeirinhos, ensinando formas de retirar a pele do peixe para que ela pudesse ser reaproveitada. Esse trabalho não só aumentou a renda dos ribeirinhos, já que agora eles vendem a posta e a pele, como também diminuiu a poluição no rio e fez crescer o cardume da espécie. Isso é uma forma de ser renovável, de aproveitar uma cadeia inteira! Agora também trabalhamos com a tilápia, que tem a mesma história e eu acho lindo! Eu acredito que esse seja o caminho. Não é só tirar algo da natureza para virar produto, sabe? Ah, e ainda usamos o couro de bovino, proveniente da indústria alimentícia. Descobrimos recentemente também a sola do fiapo de coco e estamos introduzindo a borracha reciclada nos nossos produtos e usando também a seda pet. Enfim, vamos tentando fechar a cadeia… 

 SHOP THE LOOK

 

iLovee: Uau, Rê! E de onde surgiu a vontade de ter uma marca com esse foco sustentável?

R: De certa forma, da minha família! Eles me pediram para abrir um pequeno negócio para que eu entendesse o funcionamento. Como são do ramo farmacêutico, não tinha ninguém da moda para me orientar - foi um desafio! Primeiro, montei uma pequena loja onde eu desenhava e fabricava alguns sapatos e isso durou por três anos, até que eu entendi que queria crescer como marca e fazer muito mais. Eu ia ter responsabilidade por aquilo que eu estava vendendo, tinha que dizer mais para estar por todo o Brasil e também lá fora, como queremos.

Em paralelo a isso, eu também tinha fundado a ONG Focinho Abandonado com mais três amigas e vi um mundo completamente diferente daquele que eu vivia. Aí eu entendi que somos responsáveis por aquilo que falamos, fazemos e atuamos.

SHOP THE LOOK

iLovee: Conta mais sobre a sua ONG, Rê. Ah! A Bléque também tem um trabalho super bacana de doação, não é?

R: A ONG aconteceu muito naturalmente. Comecei pegando alguns cachorros na rua e não sabia muito o que fazer, depois me juntei às meninas. Nós resgatamos, tratamos e colocamos para adoção. Quando criamos a ONG, foi no boom do Instagram e começamos a buscar celebridades para apoiar a causa e dar visibilidade. Postamos todos os processos do resgate na rede social e as pessoas vão acompanhando tudo. Sempre aparecem famílias incríveis que se encantam com as histórias, aí entrevistamos e elas precisam passar por algumas regras antes da adoção. É muito cansativo, mas é muito gratificante!

E sobre a Bléque, bom, a cada sapato feito, R$ 1,00 é doado para uma ONG que trabalha fazendo sapatos para crianças em área de risco. É pouco para o que queremos fazer, mas já vamos fazer nossa primeira entrega de sapatos agora. Vamos calçar crianças e estamos super felizes!

iLovee: Estamos apaixonadas por todo esse trabalho, de verdade. Para finalizar, queríamos que você contasse o motivo da sua marca estar fazendo a diferença e por quê o mundo precisa de mais marcas assim.

R: Eu acho que quanto mais marcas tiverem essa consciência, ou doarem uma parte dos lucros para algum projeto que elas acreditem já seria uma grande diferença. O mundo está saturado. São quilos de roupas e sapatos sem descarte correto, o mundo não dá mais conta! Tentamos fazer nossa parte em várias frentes e como podemos. Nossos produtos não saem de linha, por exemplo. Sempre temos os mesmos produtos em todas as coleções, às vezes com algumas pequenas edições, mas isso é para que o cliente sinta que sempre tem algo novo no armário e não precisa, necessariamente, comprar uma bolsa nova ou sapato novo. É nisso que eu acredito!

SHOP THE LOOK

SHOP BLÉQUE

DÊ O PLAY

 





Em destaque

assine nossa newsletter

Voltar ao topo Voltar ao topo